100%

Realizada 42ª Reunião das Comissões Permanentes

No dia 15/10/18, ás 14h, as Comissões se reuniram para deliberação na sala da Câmara Municipal de Vereadores, estiveram presentes os representantes da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, Vereadores: Vinícius Zanela Razia (PSB), Frederico Santos Ferreira (PSB), José Luiz Pacheco da Rosa Jr (PSDB), Carlos Basílio de Siqueira (DEM) - Presidente e Antônio Derlei da Silva (MDB) - Relator, e os representantes da Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação, Vereadores: Diego Pereira Aquino (PSB), Marcos Izair Cechin Somavilla (PMDB), Antônio Aristides Avozani (PP), Dartagnan da Silva Portella (PSDB) – Presidente e Paulo Cesar Turra (PSB) - Relator.
 
Projeto de Lei Ordinária 0036/2018 - Consolida a Legislação que trata da Política Municipal de Proteção e Atendimento dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Conselho Tutelar, do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Corregedoria do Conselho Tutelar e dá outras providências.

Permaneceu baixado nas Comissões em aguardo da Mensagem Retificativa. 
 
Projeto de Lei Ordinária 0037/2018 - Autoriza a contratação emergencial de 01 (um) Agente de Combate à Endemias, a fim de atender à necessidade temporária de excepcional interesse público, na forma do art. 37, IX da Constituição Federal. 

Com Relatoria dos Vereadores Antônio Derlei da Silva (MDB) e Marcos Izair Cechin Somavilla (MDB), para deliberação e votação na próxima Sessão Plenária Ordinária, com a anuência das Comissões.
 
 
A próxima Reunião das Comissões será realizada dia 22/10/18, segunda-feira, às 14h.

A Câmara de Vereadores está sempre aberta ao público.
 
Compareça e faça parte!
 
 
 
 
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 17/10/2018 - 08:39:43 por: Bianca Souto Ribas - Alterado em: 17/10/2018 - 08:39:43 por: Bianca Souto Ribas

Notícias

Parecer TCE contas de Governo Exercício 2016
Parecer TCE contas de Governo Exercício 2016

Processo de Contas de Governo da Administradora do executivo Municipal de Júlio de Castilhos, referente ao Exercício de 2016. Falhas formais e de controle interno. Recomendação. Parecer Favorável.